Nesta quinta (10), Luiz Facco e Humberto Ribeiro vão estrear de UTV no Rally RN1500

Com quatro títulos brasileiros de Rally Cross Country e mais dois no Rally dos Sertões, na categoria carros, o piloto paulista Luiz Facco, da equipe Acelera Siriema, vai encarar um novo desafio, a partir da desta quinta-feira, 10. Juntamente com o navegador Humberto Ribeiro, Facco irá disputar o Rally RN1500, a bordo de um UTV. A 17a edição da prova acontecerá até domingo (13), pelo interior e litoral do Rio Grande do Norte.

A expectativa é grande, pois a dupla pode realizar apenas um treino, mas de cara, aprovou o desempenho do veículo, que é um Can-Am Maverick Max 1000. Com motor similar ao de uma moto, quatro rodas e gaiola de proteção, o UTV fica sob tutela da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

“É uma oportunidade que surgiu e será um desafio diferente para a equipe. No nosso primeiro treino, na pista de Taubaté (SP), andamos bem e ficamos surpreendidos com o desempenho do veículo. Mas a adaptação mesmo acontecerá durante o RN1500 e teremos quatro dias, com vários tipos de terreno, para acelerar e curtir o nosso UTV”, explica Facco.

E o piloto tem razão, pois o RN1500 é uma tradicional prova do Cross Country nacional que atrai competidores de todo o País pelo nível técnico, percurso exigente e variações de terreno e, ainda, cercado por belas paisagens. Na edição 2014 serão cerca de mil quilômetros de percurso, dois quais a metade de trechos cronometrados (especiais), divididos em quatro etapas. A largada e chegada serão na capital potiguar.

Segundo Ribeiro, ainda há muito o que aprender, pois tudo é novo para quem nunca competiu de UTV. “É um veículo rápido, nos trechos travados não deixa nada a desejar para um carro e é bem prazeroso de se andar. Vamos encarar com seriedade a prova, mas nos divertir também”, diz o navegador piauiense.

“Será uma experiência bem interessante e estamos com boas expectativas de competir em uma categoria nova, que está começando agora a atrair mais competidores”, finaliza Facco.

UTV – A categoria foi introduzida nas provas e campeonatos de Rally Baja e Rally Cross Country do País, apenas em 2012. Mas lá fora é bem conhecido e já está inserido nas competições off-road há algum tempo e, apesar de recente, vem atraindo pilotos brasileiros. O veículo possui o DNA dos quadriciclos com algumas características de um carro, no entanto, com investimento menor. Sai da fábrica praticamente pronto para as provas. Entre outros itens que compõem o veículo estão banco concha, cinto de cinco pontos e equipamentos de segurança.

Roteiro da prova – O primeiro dia do rali (10) será entre Natal e Guamaré e os competidores enfrentarão muita areia. No segundo dia, no trecho entre Guamaré e Currais Novos, surgem as estradas de terra batida e piçarras. Já no terceiro dia, cuja largada e chegada são em Currais Novos, a dificuldade é a navegação exigente e as pedras é que dominam a percurso. E no último dia (13), a especial das serras fecha o rali, com diversidades de altitudes e trechos bem sinuosos até chegar em Natal. O RN1500 somará pontos por quatro etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para motos, quadriciclos e UTVs e já estão inscritos competidores de 14 estados.

Páginas: 1 2

`