Rally Rota SC: Em sábado de piso liso e abismos, Facco e Ribeiro fecham em 2º na Pro Brasil

Habilidade, técnica e cautela foram fundamentais para encarar o primeiro dia do Rally Rota SC, que acontece neste fim de semana em Tijucas, no litoral catarinense, localizada a 50 quilômetros de Florianópolis. O sábado (14) começou com uma dura Especial (trecho cronometrado) de 192 quilômetros com piso escorregadio, abismos, muitas curvas, trechos estreitos que exigiram demais de pilotos e navegadores. Já a segunda Especial, com cerca de 60 quilômetros, foi elogiada por ser de alta velocidade e prazerosa de se pilotar. Após driblar todas as adversidades do percurso, Luiz Facco e Humberto Ribeiro, da Equipe Acelera Siriema, fecharam o dia em segundo lugar na categoria Pro Brasil, com 3h57m13s, e em sexto na geral.

Mais de 121 veículos largaram, no sábado, para o Rally Rota SC. A prova de dois dias é válida pelas quinta e sexta etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e reúne Carros, Caminhões, Motos, Quadriciclos e UTV´s. Neste primeiro dia, a dupla Campeã Brasileira de 2013, na Pro Brasil, fez 2h38m37s na SS1 e 57m13s na SS2.

Acelera Siriema

“A primeira Especial estava super perigosa e ruim para se andar, além do piso liso era muito estreita e com ribanceiras e barrancos para os dois lados. Já na segunda andamos bem forte e era do tipo que gostamos, pois foi rápida e prazerosa com curvas de alta velocidade, muito legal de acelerar”, conta Facco que pilota uma Mitsubishi L200 Triton SR.

Ribeiro afirma que também teve trabalho, mas ficou satisfeito com o resultado, neste primeiro dia de rali, onde percorreram quase 300 quilômetros entre deslocamentos e trechos cronometrados. Os competidores passaram também pelas cidades de Major Gercino, Nova Trento, São João Batista, Brusque e Canelinha. “A largada atrasou em quase uma hora e depois a Especial foi bem cansativa, trechos de serra e radares, mas depois fomos agraciados com longas retas e muita velocidade na segunda Especial”, explica o navegador.

Neste domingo, 15, o grid volta a se formar para a largada logo mais às 9h30. Diferentemente do dia anterior, o SS1 (192 km) foi cortada e os competidores farão, agora, três passagens pela SS2 (68km). Como o trecho já é conhecido a disputa promete ser mais acirrada ainda, porque velocidade não vai faltar nas retas e curvas de alta. “O sábado foi um dia bom para equipe e garantimos um resultado positivo para o campeonato e, ainda, terminamos com o carro intacto, sem nenhum risco. Isto foi muito vantajoso para encarar o dia de hoje (15), que tudo indica, que será novamente um percurso bem interessante e prazeroso”, ressalta Facco.

Páginas: 1 2