Nossa História

A história da Acelera Siriema caminha paralelamente à trajetória do piloto Luiz Facco nos grids de rali. A equipe passou a competir mais ativamente de campeonatos e provas do calendário nacional de Rally Cross Country e Rally de Velocidade, a partir de 2004 e, desde então, não parou mais. Os desafios foram aumentando com o tempo, assim como a conquista de pódios e o time passou a acumular títulos. Vale destacar as participações nos: Campeonatos Brasileiro e Paulista de Rally Cross Country, Rally dos Sertões, Campeonato Paulista de Rally de Velocidade, Mitsubishi Cup, Copa Peugeot de Rally de Velocidade e Rally de Erechim.

Créditos: Sanderson Pereira

Créditos: Sanderson Pereira

Facco tem uma ligação forte com o off-road há mais de duas décadas, quando começou como jipeiro nos anos 90 e fazia provas de Raid e depois Rally de Regularidade. Desta época fez amizades que prevalecem até hoje, como com gaúcho Glauber Fontoura que foi o primeiro navegador oficial da equipe, com quem Facco conquistou o primeiro título de campeão brasileiro de Rally Cross Country (Production Diesel 2007) e também fez dupla durante várias edições do Rally dos Sertões e na Mitsubishi Cup. O navegador cearense Silvio Deusdará também teve participação marcante, sobretudo, quando conquistaram o primeiro título do Rally dos Sertões em 2009.

Créditos: Sanderson Pereira

Créditos: Sanderson Pereira

Um ano depois, a dupla repetiu a dose e foi bicampeã da prova também na Super Production. Em 2012, Facco muda de categoria e passa a pilotar uma Mitsubishi L200 Triton SR. O baiano Vinícius Castro assume a navegação e a dupla sagra-se campeã brasileira de Rally Cross Country, na Pró Brasil, daquela temporada. Humberto Ribeiro chega à equipe em 2013 e segue até os dias atuais no Rally Cross Country. Com o navegador de Teresina (PI), o piloto conquistou dois títulos no Brasileiro de Rally Cross Country na Pró Brasil, em 2016 e 2013, além de serem Campeões do Rally dos Sertões 2015 na mesma categoria.

Créditos: Victor Eleuterio

Créditos: Victor Eleuterio

No Rally de Velocidade, Walace von Schmidt foi o primeiro navegador da equipe na modalidade e disputou algumas temporadas do Campeonato Paulista e também da Copa Peugeot, ao lado de Facco. Com a saída de Schmidt, quem passou a navegar nas provas de Rally de Velocidade foi Cris Facco. Durante três temporadas (2010 a 2012), a navegadora participou das conquistas de dois títulos paulistas na categoria A6. Com Cris também a equipe estreou na maior prova da modalidade no país, o Rally de Erechim. Vale destacar, ainda, a estreia em provas internacionais, em 2011, quando Facco e Cris foram integrantes da única equipe brasileira no Rally Interoceanica, entre Peru e Brasil. Em 2013, Francis Herrero assume o lugar de Cris. Sua entrada na equipe coincide também com a chegada de um novo carro o Peugeot 207 XRC, agora na categoria N4. A dupla Facco/Herrero é bicampeã paulista de Rally de Velocidade na A6 (2015 e 2014).

Créditos: Doni Castilho

Créditos: Doni Castilho

Provas internacionais – Desde que o time passou a contar com a infraestrutura própria e diferenciada, a Acelera Siriema passou a alçar outros voos também. Vale destacar as participações com o novo carro – Mitsubishi Lancer EVO X – nas provas do Campeonato Sul-Americano de Rally de Velocidade (FIA/Cosasur). Entre as provas estão: o Rally Del Atlântico, em Minas/ Lavalleja, no Uruguai, quando Facco/Felipe Costa foram os únicos brasileiros a terminar entre os Top 10 da geral, em 2015. Outra prova que a equipe estreou foi o Rally Trans-Itapúa, disputado durante dois dias em Encarnacion, no Paraguai.

Equipe Acelera Siriema

Ainda sobre participações internacionais, vale ressaltar, a participação por três anos consecutivos (2017, 2016, 2015) da equipe na The MINT 400, a maior e mais tradicional prova off-road americana, que acontece há 50 anos no deserto de Nevada com mais de 330 veículos no grid. Na edições 2015 e 2016, a dupla foi a única representante brasileira no grid formado anualmente na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos.

Estrutura equipe

Experiência com UTV – Desafio é o que não falta à equipe. Em abril de 2014, Facco resolve pilotar um UTV Can-Am Maverick Max 1000 no tradicional Rally RN 1500 que percorre o litoral e interior do Rio Grande do Norte durante quatro dias de provas nos mais variados tipos de terreno. A experiência foi bem sucedida e Facco e Humberto Ribeiro sobem ao pódio como campeões do RN1500 2014 (UTV – Super Production).

Créditos: Gustavo Epifanio

Créditos: Gustavo Epifanio

Projeto Ranger – Durante o ano de 2008, a equipe encarou um novo projeto. Deu início no desenvolvimento de uma Ranger T2 e o carro foi um dos pioneiros no país a competir nesta categoria, homologada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Disputou vários campeonatos, inclusive o Rally dos Sertões. Foi uma temporada de acertos, testes, normais para uma fase de desenvolvimento. O saldo positivo foi o título na estreia do Rally RN 1500, realizado no Rio Grande do Norte. A dupla Facco/Schmidt foi Campeã na categoria Production, sub-categoria T2.

Acelera Siriema